Cultura

Brasil foi o 2º país que mais tuitou na estreia de ‘Game of Thrones’


O brasileiro gosta de Game of Thrones. O brasileiro também gosta do Twitter.

Junte as duas coisas e você terá um (quase) recorde de engajamento na rede social. O Twitter anunciou nesta segunda-feira, 17, que o Brasil foi o segundo país que mais tuitou sobre o episódio de abertura da sétima temporada do último domingo, 16. Dos mais de 2,4 milhões de tuítes enviados mundialmente, o Brasil foi responsável por 569 mil, ficando atrás só dos Estados Unidos.

Spoilers

O maior pico de conversas no Brasil foi às 22h10, logo após o término da cena de abertura do episódio com Arya Stark. O segundo maior pico foi na cena final do episódio, às 23h05, quando Daenerys Targaryen fala “Vamos começar?”. E o terceiro foi às 22h42, momento em que o cantor Ed Sheran fez sua participação especial no episódio.

A sétima – e possivelmente penúltima – temporada de Game of Thrones tem mais seis episódios pela frente e irá ao ar simultaneamente com os Estados Unidos todo domingo, às 22h, no canal HBO.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais