Brasil

Brasil e Itália fecham acordo de defesa da concorrência

SÃO PAULO, 17 FEV (ANSA) – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) assinou um convênio com a Autoridade de Garantia da Concorrência e do Mercado da Itália (AGCM) para fortalecer a cooperação bilateral entre as duas agências.   

O pacto foi firmado na última terça-feira (11), na sede do Cade, em Brasília, pelos presidentes das duas entidades: Alexandre Barreto, pelo lado brasileiro, e Roberto Rustichelli, pelo italiano.   

Segundo o Cade, o acordo prevê “ampla cooperação em diversas áreas, incluindo a promoção de debates, o compartilhamento de experiências e a adoção de melhores práticas em direito e política da concorrência”.   

“O objetivo é reforçar a capacidade de ambas as autoridades de lidar com falhas de mercado, práticas anticoncorrenciais e atos de concentração transfronteiriços, para propiciar condições de mercado mais justas e competitivas”, diz uma nota oficial.   

(ANSA)

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior