Esportes

Brasil bate Panamá, segue 100% e fica perto da vaga na Copa América de Basquete

Na retomada das Eliminatórias para a Copa América Masculina de Basquete, a seleção brasileira conseguiu uma vitória que encaminhou a sua classificação ao torneio. Nesta sexta-feira, em Buenos Aires, derrotou o Panamá por 77 a 71, em duelo válido pelo Grupo B do qualificatório.

O triunfo deixa o Brasil como único invicto da chave, com três triunfos. O Panamá ganhou duas e perdeu uma. Já Paraguai e Uruguai, derrotados pela seleção em fevereiro, se enfrentarão ainda nesta sexta-feira, às 18h10, em busca da primeira vitória no classificatório.

Como os três primeiros avançam à Copa América, adiada para 2022 em função da pandemia do coronavírus, o Brasil está praticamente classificado. E pode selar a vaga no sábado, quando enfrentará o Paraguai, às 13h10, novamente no Ginásio Obras Sanitárias, em Buenos Aires.

Para este jogos, o técnico Aleksandar Petrovic optou por convocar apenas atletas que atuam no basquete nacional, com a exceção sendo Caio Pacheco, que joga na Argentina. E ele foi o cestinha do Brasil na partida, com 17 pontos, além de ter distribuído quatro assistências.

Gui Carvalho deixou o banco de reservas para registrar um “double-double” de 12 pontos e 11 rebotes. E o Brasil ainda teve outros dois jogadores com pontuação de dois dígitos: Lucas Dias, que fez 12 e ainda somou 4 assistências e 3 rebotes, e Lucas Mariano, também com 12 e 5 rebotes.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

O Panamá teve o cestinha da partida, Tony Bishop Jr, com 18 pontos. Trevor Gaskins fez 15 e capturou 5 rebotes. Akil Mitchel somou 12 pontos e 9 rebotes, enquanto Ernesto Oglivie também marcou 12.

O começo da partida em Buenos Aires foi de muitos erros. E quem se deu melhor primeiro foi o Panamá, que chegou a abrir 13 a 9, com duas cestas de três de Gaskins. Mas o Brasil se impôs após um pedido de tempo, fechando o quarto inicial ganhando por 19 a 15.

No segundo período, a seleção voltou a oscilar. Fez 34 a 27, mas permitiu a reação dos panamenhos, que seguiam apostando nos arremessos de fora do garrafão, e conseguiram diminuir a desvantagem, indo ao intervalo perdendo por 5 pontos – 40 a 35. Gaskins foi o cestinha do primeiro tempo com 13.

O terceiro período começou com predomínio das defesas, especialmente a do Panamá, que chegou a estar a um ponto de igualar o placar – 42 a 41. Mas o Brasil melhorou no fim. Marcou os últimos nove, indo para o último quarto vencendo por 57 a 45.

O embalo se manteve no começo do período final. O Brasil abriu 64 a 47 quando faltavam 8min37. Com o duelo praticamente definido, diminuiu a intensidade e viu os panamenhos diminuírem o placar a sete pontos a 1min38 do fim. Mas foi insuficiente para impedir o triunfo brasileiro.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel