Economia

BR Distribuidora tem lucro líquido de R$ 531 mi no 4º trimestre

A BR Distribuidora, que abriu capital no final do ano passado, registrou um lucro líquido de R$ 531 milhões no quarto trimestre de 2017, cifra cerca de 10 vezes maior da registrada no mesmo período do ano anterior, quando o ganho foi de R$ 52 milhões. Em relação ao terceiro trimestre o lucro cresceu 34,8%. No ano o lucro somou R$ 1,151 bilhão, revertendo prejuízo de R$ 315 milhões observado em 2016.

O forte aumento do ganho na relação anual ocorreu porque no quarto trimestre de 2016 o resultado tinha sido afetado por conta de provisão para indenizações do Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV) que tinha sido realizado e pelas maiores perdas e provisões em processos judiciais e administrativos.

O Ebitda (lucro antes de juros,impostos, depreciação e amortização) chegou em R$ 980 milhões nos últimos três meses do ano passado, ante uma geração de caixa de R$ 82 milhões no mesmo intervalo do ano anterior. Em 2017 o Ebitda foi de R$ 2,574 bilhões, aumento de 486,3% na relação anual.

No critério ajustado, o Ebitda chegou em R$ 883 milhões no quarto trimestre do ano passado, aumento de 7,7% na relação anual. No acumulado do ano o Ebitda ajustado foi de R$ 3,067 bilhões, aumento de 2,4% ante o montante anotado em 2016.

A margem Ebitda ajustada foi de 3,8%, ante 3,9% um ano antes. No documento que acompanha o seu demonstrativo financeiro, a BR destaca que o Ebitda ajustado reportado está “em linha com o direcionamento estratégico apresentado na nossa abertura de capital com foco na melhora de rentabilidade da companhia”.

A receita líquida somou R$ 23,204 bilhões entre os meses de outubro e dezembro do ano passado, aumento de 9,6% na relação anual. Em 2017 a receita foi de R$ 84,567 bilhões, recuo de 2,4%.