Esportes

Botafogo quer valer mando para superar o Cruzeiro nas oitavas da Copa do Brasil

Os três jogos no estádio Luso Brasileiro, casa temporária até a liberação do Engenhão, que está à disposição agora da Paralimpíada Rio-2016, deram novo ânimo para o Botafogo enfrentar o Cruzeiro, nesta quarta-feira, às 20 horas, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. Além de ser no Rio e não ter de fazer grandes deslocamentos, o time tem bom desempenho no local, com duas vitórias e um empate.

O confronto será disputado em duas partidas, com o segundo confronto marcado para o dia 21 de setembro, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Após os pontos ganhos nos dois duelos, o saldo de gols é o primeiro critério, com o gol marcado fora de casa como desempate.

Sem conquistar um título nacional desde 1995, quando foi campeão brasileiro, o Botafogo espera acabar com o jejum, com um discurso interno de confiança de que é possível a taça. “Nossa conversa interna é sobre título. É uma chance real ganhar a taça esse ano. Vamos focar no campeonato, ir com força máxima. Todo mundo aqui tem condições de ser titular e jogar. Vamos ver quem vai ser escalado, mas vamos com força máxima”, frisou o goleiro Sidão, que segue como titular enquanto Jefferson, sem prazo para retorno, se recupera de lesão no tríceps que o afasta dos gramados desde julho.

Além do goleiro, o técnico Jair Ventura não conta com Lízio, que também se recupera de lesão, e com o volante Dudu Cearense e com o atacante Aquino, que não foram inscritos. O zagueiro Emerson foi poupado do último treinamento, mas não é problema para a partida.

Desde o retorno do técnico Mano Menezes, o Cruzeiro vive momento de ascensão – em seis jogos, são três vitórias, dois empates e uma derrota. Campeão da Copa do Brasil de 2009 com o Corinthians, o treinador busca repetir o feito no time mineiro, que apesar da reação, ocupa apenas a 14.ª posição no Campeonato Brasileiro, dois pontos acima da zona do rebaixamento, que é aberta com o Internacional.

Com força máxima, Mano Menezes tem o retorno do volante Henrique, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo no fim de semana – vitória sobre o Santa Cruz por 2 a 0. O jogador entra no lugar do argentino Lucas Romero.