Esportes

Botafogo fica no empate com o Boavista na estreia do Carioca

Botafogo até pressiona, mas jogo tem poucas chances claras de jogo e Alvinegro não tem vitória no primeiro jogo da temporada 2022

Botafogo fica no empate com o Boavista na estreia do Carioca

O Botafogo segue com o tabu de não vencer em estreias de Campeonatos Cariocas. O Alvinegro ficou no empate por 1 a 1 com o Boavista na noite desta terça-feira no Estádio Nilton Santos, pela 1ª rodada do Estadual. Kadu Fernandes e Carlinhos fizeram os gols.


Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

Os clubes somaram um ponto na tabela do Estadual. As equipes voltam a jogar no fim de semana. O Botafogo enfrenta o Bangu às 16h do próximo domingo no Estádio Nilton Santos. O Boavista mede forças com o Vasco no sábado, às 21h.

APAGÃO!
A partida rolava em ritmo lento até que os refletores do Setor Leste do Estádio Nilton Santos se apagaram. O equipamento chegou a ameaçar que voltaria mas voltou a falhar. O resumo da ópera foi a partida parada por 13 minutos, com as equipes aproveitando o tempo para realizar uma ‘parada técnica’.

ANIMOU!
​O tempo de apagão serviu para a partida voltar em um novo ritmo. O Boavista abriu o placar pouco tempo depois do jogo rolar novamente. Em cobrança de falta, Gatito e Kanu se embolaram dentro da área e a bola sobrou para Kadu Fernandes apenas completar para o fundo das redes.

Não demorou muito para o Botafogo igualar a coisa. Quatro minutos depois, o baixinho Carlinhos subiu mais que Wellington Silva para cabecear, marcar e sair para o abraço. Em jogada pelo lado direito, Rafael encontrou Diego Gonçalves, que cruzou na medida para o lateral finalizar.

ZZzzZz…
Se o fim do primeiro tempo foi de emoção, os jogadores parecem ter esgotado essa taxa e nada sobrou para a etapa complementar. Tanto Botafogo quanto Boavista não tiveram um ritmo de criar chances reais – a única do Alvinegro foi com Kanu, em um chute livre dentro da área.

O jogo perdeu em ritmo e o segundo tempo foi monótono. Enderson Moreira até colocou velocistas no decorrer do duelo para tentar aumentar a voltagem do Botafogo, mas a coisa não andou. No fim, um resultado que não animou ninguém e um ponto para cada equipe.

FICHA TÉCNICA
Data e horário: 25/01/2021, às 21h
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho
Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Rafael Sepeda de Souza
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Di Maria (BVT); Gabriel Conceição (BOT)
Cartões vermelhos:

Gols: Kadu Fernandes (1-0; 28’/1ºT); Carlinhos (1-1; 32’/1ºT)

BOAVISTA: Fernando; Wellington Silva, Diogo Rangel, Kadu Fernandes, Bull; Marquinho (Luiz Felipe 40’/2ºT), Ralph (Léo Sheldon 46’/2ºT); Biel, Matheus Alessandro (Wandinho 33’/2ºT), Marquinhos; Di Maria. Técnico: Leandrão.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Rafael (Daniel Borges/Intervalo), Joel Carli, Kanu, Carlinhos; Romildo, Fabinho; Luiz Fernando (Ronald 17’/2ºT), Juninho (Rikelmi 17’/2ºT), Diego Gonçalves (Felipe Ferreira 40’/2ºT); Matheus Nascimento (Gabriel Conceição 27’/2ºT). Técnico: Enderson Moreira.