Esportes

Botafogo e Coritiba não saem do zero na estreia de Salomon Kalou

Marfinense inicia a partida como titular mas não é capaz de ajudar Alvinegro a conquistar resultado positivo diante do Coxa, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro

Botafogo e Coritiba não saem do zero na estreia de Salomon Kalou

A grande expectativa não resultou em bolas na rede. Na estreia de Salomon Kalou pelo Botafogo, a equipe comandada por Paulo Autuori não saiu do 0 a 0 com o Coritiba nesta quarta-feira, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Nilton Santos.

O marfinense foi titular e atuou durante 85 minutos. O camisa 8 mostrou serviço e participou de algumas tramas defensivas, mas nada que fosse capaz de superar a defesa do Coritiba. No fim, o duelo não saiu do zero.

Com o resultado, as duas equipes chegaram aos 7 pontos no Brasileirão. Pela diferença no saldo de gols, o Botafogo ocupa a 14ª posição na classificação, enquanto o Coritiba está duas posições abaixo.

Após dois jogos seguidos no Nilton Santos, o Botafogo voltará a atuar longe do Rio de Janeiro. A equipe de Paulo Autuori retorna aos gramados no próximo sábado, às 19h, contra o Corinthians, na Arena Neo Química. O Coritiba, por sua vez, retornará aos seus domínios. O Coxa vai receber o Atlético-MG no Couto Pereira no próximo domingo, às 20h30.

GOL? VAR!
​O Botafogo começou ativo no ataque e as equipes desenharam um duelo aberto no Nilton Santos, já que o Coritiba também tentava assustar quando tinha a bola no pé.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Grande parte das tramas no campo ofensivo, contudo, partiam da equipe comandada por Paulo Autuori. Em uma, criada no lado direito, Kevin encontrou Bruno Nazário na área. O meia finalizou e Luís Henrique havia colocado o rebote para dentro das redes. O gol, porém, foi anulado após revisão do árbitro de vídeo – o atacante do Alvinegro estava em posição irregular.

KALOU MOSTRA JOGO
Estreante da noite, os holofotes da partida estavam direcionados a Salomon Kalou. O marfinense mostrou serviço para o Botafogo. Mesmo sem atuar de forma oficial há cerca de oito meses, o atacante foi um importante elemento do sistema ofensivo do Alvinegro, criando duas chances – uma para Pedro Raul e a segunda com Bruno Nazário – no primeiro tempo.

O Coritiba também assustou nos primeiros 45 minutos. Os visitantes apostavam as fichas, principalmente, em ataques pelo lado esquerdo, nas costas de Kevin. A equipe de Jorginho criou duas chances reais: na primeira, Gatito Fernández fez boa defesa. Na outra, Yan Sasse não conseguiu finalizar dentro da área.

SEGUNDO TEMPO MORNO…
O Botafogo voltou do intervalo com vontade. Em três minutos, foram quatro finalizações. Tudo se desenhava para uma pressão alvinegra no Nilton Santos, mas a impressão é de que o ataque do Glorioso cansou. Aos poucos, a equipe de Paulo Autuori diminuiu as descidas em velocidade e, consequentemente, o ritmo do jogo caiu consideravelmente.

BOTAFOGO TENTA, MAS PARA EM WILSON
O ritmo do primeiro tempo não voltou para o gramado e a partida caiu em relação ao nível técnico na etapa complementar. O Botafogo tomava a iniciativa das jogadas, mas pouco assustava pela dificuldade na criação de jogadas. O jeito de assustar era com um esforço individual, o que aconteceu com Honda: o japonês finalizou de fora da área, sozinho, e obrigou Wilson a fazer grande defesa, garantindo o placar sem gols.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 CORITIBA​

Data-Hora: 2 de setembro de 2020, às 20h30
​Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
​Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Assistentes do VAR: Ricardo Marques Ribeiro (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)
Gramado: Bom
​Cartões amarelos: Rafael Forster (BOT); Welissol (COR)
Cartões vermelhos:

Gols:

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Guilherme Santos; Rafael Forster (Luiz Otávio), Keisuke Honda, Bruno Nazário; Luís Henrique (Matheus Babi), Pedro Raul, Salomon Kalou (Davi Araújo). Técnico: Paulo Autuori.

CORITIBA: Wilson; Jonathan, Rodolfo Filemon, Sabino, William Matheus; Matheus Galdezani (Igor Jesus), Matheus Sales, Matheus Bueno; Robson (Giovanni Augusto), Sassá (Wellissol), Neilton (Yan Sasse) (Hugo Moura). Técnico: Jorginho.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago