Esportes

Botafogo cede empate ao Atlético-GO e liga o alerta no Brasileirão

Alvinegro tem apenas uma vitória e chegou ao oitavo empate na competição. Equipe de Paulo Autuori é o 18º colocado na tabela com 10 pontos

Botafogo cede empate ao Atlético-GO e liga o alerta no Brasileirão

Alerta ligado! Com muitos desfalques, o Botafogo empatou com Atlético-GO em 1 a 1, neste domingo, no Estádio Olímpico, e seguiu na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Victor Luis marcou o gol do Alvinegro e Hyuri, ex-jogador do clube carioca, fez valer a ‘lei do ex’ empatando para o Dragão.

Com o resultado, o Botafogo permanece em 18º lugar na tabela do Campeonato Brasileiro com apenas 11 pontos. O Glorioso chegou ao oitavo empate na competição e tem apenas uma vitória. A equipe de Paulo Autuori volta aos gramados na próxima quarta-feira, diante do Bahia, às 21h30, no Nilton Santos, em jogo adiado da primeira rodada que foi remarcado. No mesmo dia e horário, o Atlético-GO encara o Corinthians, fora de casa. O Dragão é o 13º colocado com 13 pontos.

Início lá e cá
O começo de jogo foi muito estudado entre as equipes, com poucas chances claras de gol. Apesar de ter mais a bola, o Atlético-GO não conseguia criar jogadas de perigo contra o gol de Cavalieri. Por sua vez, o Botafogo assustava o Dragão saindo em velocidade no contra-ataque. Aos 8 minutos, Bruno Nazário foi quem testou pela primeira vez o goleiro Jean, mas o goleiro agarrou sem problemas o chute de fora da área do camisa 10 alvinegro. Os donos da casa chegaram pela primeira vez com perigo em um lance que poderia ser um gol contra. Aos 20 minutos, Janderson fez boa jogada pela direita e cruzou forte na área. A bola desviou em Kevin e passou raspando a trave do goleiro Diego Cavalieri. O Glorioso respondeu rápido. Aos 22, Kevin fez boa jogada na direita e cruzou para Pedro Raul. O atacante desviou de cabeça e obrigou Jean a fazer uma boa defesa.

Fogão sai na frente
As equipes caíram de produção quando a partida caminhava para o fim da primeira etapa, mas o Botafogo ainda mostrava estar mais perto do gol. Aos 34, outra jogada de Kevin pela direita, o lateral cruzou para Matheus Babi, mas o atacante não conseguiu chegar para finalizar. Quando parecia que os times iriam para o intervalo com o zero a zero no placar, Victor Luis apareceu. Aos 44 minutos, lateral-esquerdo tentou um cruzamento na ponta da área e a bola desviou no braço de João Victor. Sem pestanejar, o árbitro Pedro Vuaden marcou o pênalti para o Alvinegro. O próprio Victor Luis pegou a bola e chutou com força, no meio do gol, para inaugurar o marcador e colocar o Botafogo na frente.

Dragão chega ao empate
O segundo tempo começou muito movimentado e o Atlético conseguiu o gol de empate logo em sua primeira chegada. Aos 4 minutos, após uma pressão na saída de bola do Botafogo, Janderson recuperou a posse para os donos da casa e cruzou a bola na área pela ponta direita. Ex-jogador do time carioca, o atacante Hyuri fez valer a ‘lei do ex’ e, de carrinho, se atirou na bola para empatar a partida.

Jean salva o Atlético-GO
O Glorioso respondeu novamente com Kevin. Matheus Babi puxou contra-ataque e arriscou um chute de fora. A bola desviou e sobrou com Kevin na ponta direita da área. O lateral chutou forte, de primeira, e obrigou Jean a fazer grande defesa. O goleiro do Dragão brilhou novamente e, desta vez, com um milagre. Aos 20, Bruno Nazário achou um ótimo passe para Luiz Otávio e deixou o atacante sozinho de frente para o gol adversário. Jean saiu bem do gol, fechando o ângulo, e fez uma grande defesa em dois tempos. O Botafogo pressionou no fim da partida. Aos 39, Luiz Otávio arriscou de fora da área e obrigou o goleiro adversário a fazer outra boa defesa. A equipe de Paulo Autuori insistiu, mas não conseguiu furar a defesa dos donos da casa e o empate permaneceu no placar até o fim.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-GO 1 x 1 BOTAFOGO

Data-Hora: 27/09/2020 – 18h15min
Local: Estádio Olímpico, Goiânia (GO)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS) NotaL!: 7,0 Controlou bem a partida e acertou nas decisões.
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)
VAR: Rodrigo Guarizo do Amaral (SP)
Cartão amarelo: Caio Alexandre, Rentería e Kanu (BOT) Gilvan e Dudu (ACG)
Cartão vermelho:

GOL: Victor Luis 44′ 1ºT (0-1) / Hyuri 4′ 2ºT (1-1)

ATLÉTICO-GO: Jean; João Victor (Dudu, 33′ 2ºT), Gilvan, Oliveira e Natanael (Nicolas, 33′ 2ºT) ; Marlon Freitas, Edson e Matheus Vargas (Chico, 19′ 2ºT) ; Janderson, Matheuzinho (Gustavo Ferrareis, 19′ 2ºT) e Hyuri (Júnior Brandão, 31′ 2ºT) . Técnico: Vagner Mancini

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Kanu, Forster e Sousa; Kevin, Rentería, Caio Alexandre (Luiz Otávio – intervalo), Bruno Nazário (Davi Araújo, 22′ 2ºT) e Victor Luis; Matheus Babi e Pedro Raul (Kalou, 22′ 2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar