Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Kayque fica no Botafogo. O clube de General Severiano anunciou a compra em definitiva do meio-campista na tarde desta quarta-feira. O Alvinegro investiu R$ 300 mil para adquirir 50% dos direitos econômicos do jogador de 21 anos junto ao Nova Iguaçu.

+ Em meio à busca por nome internacional, Kayque se consolida como ‘reforço caseiro’ no Botafogo

O negócio estava encaminhado desde a última semana. O Glorioso havia comunicado que ficaria com o atleta, outrora emprestado até o fim do ano, e, mediante o pagamento, o jogador assinou um contrato até 2025.

– Cheguei com uma incerteza, um ambiente novo. Como todos sabem eu vim para o Sub-20, nunca tinha jogado em clube grande e imaginei que poderia viver grandes momentos, mas nem nos meus melhores sonhos poderia imaginar o que estou vivendo neste momento. Me sinto honrado em saber que estou englobado neste processo, neste novo projeto de médio e longo prazo do Clube – vibrou o jogador, em entrevista ao site oficial do Botafogo.

+ Fora dos planos? Relembramos 10 fatos polêmicos da passagem de Neymar pelo PSG

– Comunicamos a boa notícia aos nossos torcedores e ao nosso Grupo do Futebol, que é a renovação do nosso atleta Kayque. Chegou aqui no final de 2020 para a equipe Sub-20, estava sempre no nosso radar dentro de uma grande parceria que temos com o Nova Iguaçu dos irmãos Jorge e Jânio Moraes, que são parceiros do Clube. E dentro deste contexto todo a gente já vinha conversando há algum tempo e ficamos muito felizes com os últimos jogos contra São Paulo e Internacional, que só comprovaram o potencial que o Kayque tem – afirmou André Mazzuco, diretor de futebol.

Kayque tem sido titular da equipe comandada por Luís Castro e passa por evolução na temporada. O jogador tem 27 jogos pela equipe principal do Glorioso e um gol marcado.

– Estava aqui quando passávamos nosso pior momento e fico feliz por viver novas coisas, novas aventuras e histórias. Agradeço aos torcedores que sempre me trataram com carinho, a minha família que me apoiou quando me machuquei e não era relacionado. Agradeço ao nosso Diretor Mazzuco por ter acreditado no meu potencial, por acreditar na minha pessoa e poder fazer parte deste projeto – completou o atleta.