Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Após 12 anos de espera, o Boston Celtics selou neste domingo seu retorno às finais da NBA ao derrotar o Miami Heat no jogo sete da final da Conferência Leste por 100 a 96.

Dando a volta por cima em uma temporada que parecia perdida, os Celtics enfrentarão o Golden State Warriors, campeão do Oeste, em busca do 18º título de sua história, que os tornaria a franquia mais vencedora da liga americana de basquete.

Jogando em casa, o Heat ficou tempo inteiro atrás no placar, mas na reta final da partida perdeu uma chance de ouro para tomar a frente.

Jimmy Butler, que em mais uma noite inspirada marcou 35 pontos, errou um arremesso de três faltando 16 segundos para o término do jogo, quando a vantagem do Boston era de dois pontos.

Butler, que no jogo seis foi decisivo, ficou em quadra durante os 48 minutos de partida em uma tentativa desesperada de ajudar sua equipe, devastada pelas leões.

No entanto, a atuação do ala não foi suficiente para levar o Miami a sua segunda final nas últimas três temporadas.

Com esta vitória na Conferência Leste, o Boston Celtics irá disputar as finais da NBA pela 22ª vez nas 75 temporadas de existência da liga. A última vez que a franquia disputou o título foi em 2010, quando foi derrotada pelo Los Angeles Lakers de Kobe Bryant e Pau Gasol.

O último título dos Celtics foi em 2008, também contra o Lakers nas finais.

– Jayson Tatum MVP –

A principal estrela do Boston, o jovem ala Jayson Tatum, foi elito o MVP das finais da Conferência Leste.

“É uma grande honra. Nem todo mundo acreditou em nós”, disse Tatum depois da partida.

Em meados de janeiro, os Celtics ocupavam a 11ª posição do Leste, fora inclusive da repescagem para os playoffs (‘play in’).

O time reagiu e, depois de terminar a temporada regular em segundo, surpreendeu na pós-temporada ao eliminar o Brooklyn Nets de Kevin Durant e Kyrie Irving e o Milwaukee Bucks de Giannis Antetokounmpo, os atuais campeões.

O Boston Celtics enfrenta o Golden State Warriors no primeiro jogo das finais da NBA na próxima quinta-feira, em São Francisco.

gbv/cl/cb