Mundo

Boris Johnson se candidatará à sucessão de May

LONDRES, 16 MAI (ANSA) – O ex-secretário das Relações Exteriores do Reino Unido Boris Johnson, um dos principais defensores do Brexit, anunciou nesta quinta-feira (16) que concorrerá à liderança do Partido Conservador e, por consequência, ao cargo de primeiro-ministro.   

Também ex-prefeito de Londres, Johnson renunciou ao comando da diplomacia do país em julho passado, por discordar da abordagem da premier Theresa May nas negociações do Brexit. O ex-secretário defende um rompimento mais duro com a União Europeia, até mesmo sem acordo.   

“Naturalmente, concorrerei”, disse Johnson durante um evento em Manchester, ao ser questionado se disputará a liderança do Partido Conservador após a saída de May, que prometeu renunciar caso o Brexit seja aprovado pelo Parlamento britânico.   

Após três derrotas na Câmara dos Comuns, a premier pretende submeter o texto a uma nova votação no início de junho, mas ainda busca um acordo com a oposição para solucionar o impasse.   

(ANSA)