Economia

Bombardier lança Challenger 3500 de luxo em disputa de jatos privados de tamanho médio

Bombardier lança Challenger 3500 de luxo em disputa de jatos privados de tamanho médio

Challenger 3500


Por Allison Lampert

MONTREAL (Reuters) – A Bombardier apresentou nesta terça-feira uma versão de luxo do seu jato executivo Challenger 350, conforme tenta proteger sua parcela dominante de mercado no segmento e capitalizar a demanda mais alta para voos privados na pandemia.

A nova versão, batizada de Challenger 3500, tem capacidade para até 10 passageiros e sistemas de cabine controlados por voz, como a iluminação, e uma versão menor dos assentos chaise lounge que podem ser encontrados no Global 7500 da Bombardier.

O Challenger 3500 deve entrar em serviço na segunda metade de 2022 e terá preço de lista de 26,7 milhões de dólares, o mesmo do 350, afirmou o presidente-executivo da companhia, Éric Martel, em entrevista.

Embora a Bombardier tenha se concentrado em pagar dívidas após uma crise de caixa em 2015, está sendo pressionada a renovar o Challenger em um mercado no qual os compradores exigem os recursos mais recentes.

Durante a pandemia, a saúde subiu ao primeiro lugar na lista de preocupações do endinheirado público-alvo, junto com segurança e privacidade, sustentando a demanda por aviões privados.

Martel afirmou que as mudanças ajudariam a Bombardier a manter a parcela majoritária do Challenger no segmento super-médio, entre pequenos aviões corporativos e longas aeronaves que comportam 19 pessoas.

Os gastos com o novo 3500 estão contidos, com um investimento esperado da empresa entre 200 e 250 milhões de dólares, disse Martel.

Uma maquete do jato, a primeira atualização da Bombardier à família Challenger 300 desde a entrada do 350 em serviço em 2014, foi exibida em um evento virtual, confirmando reportagem da Reuters na segunda-feira sobre o lançamento.

Martel afirmou a repórteres em uma parte presencial do evento que um teste de voo para o Challenger 3500, montado em Montreal, seria realizado em Wichita.

A Bombardier disse que a maquete ficará em exibição no próximo mês em Las Vegas, no maior show aéreo da indústria de jatos executivos.

O avião compete com os Praetors, da Embraer, os Cessna Citation Longitude, da Textron e o G280 da Gulfstream Aerospace, da General Dynamics.

A Textron se recusou a comentar. A Gulfstream afirmou em um comunicado por email que “permanece confiante no histórico comprovado do G280 e está comprometido em melhorá-lo ainda mais”.



Martel afirmou que a Bombardier está avaliando possíveis opções para a divisão de pós-venda, junto com os jatos executivos de cabine grande Global e Challenger 650.

((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447764))

REUTERS PAL

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8D0VL-BASEIMAGE

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio