Bolsonaro virou uma farsa, afirma deputada do PSL

Crédito: Divulgação

Dayane Pimentel, Deputada Federal (PSL-BA) (Crédito: Divulgação)


A deputada Dayane Pimentel (PSL-BA) conversou com a coluna sobre a aproximação do governo Bolsonaro com o Centrão, a saída de Moro e a promiscuidade no Executivo. Confira trechos da entrevista.

Por que a senhora diz que Bolsonaro tornou-se uma farsa?
Porque aceitou governar através de “toma lá dá cá” com o Centrão. E porque não cabe a ele interferir na PF por razões pessoais. Não há outra palavra a não ser farsa para caracterizá-lo.

Como a senhora interpretou a saída de Moro?
Foi desoladora. Além de perdermos o maior símbolo do combate à corrupção, o Brasil tem que engolir a nomeação de amigos pessoais do presidente para o Ministério da Justiça e para a PF.

Por que a senhora diz que a promiscuidade domina o governo?
Velhos conhecidos por suas fichas sujas estão encontrando guarida no atual governo em nome da governabilidade.
É a reedição da promiscuidade que víamos nos governos do PT.

Veja também
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.