Brasil

Bolsonaro troca atual diretor da Abin por delegado da PF


O presidente Jair Bolsonaro determinou uma troca no comando da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O atual diretor-geral, Janér Tesch Hosken Alvarenga, é oficial de inteligência e servidor de carreira. O substituto será o delegado da Polícia Federal Alexandre Ramagem Rodrigues, que atuou na segurança do presidente na campanha de 2018 e atualmente é assessor especial do ministro Santos Cruz, na Secretaria de Governo.

Questionado na tarde desta quarta-feira, 8, Bolsonaro determinou ao ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, que explicasse a troca. Heleno afirmou que não há traumas na substituição e que ainda não sabe quando haverá a oficialização.

“Nós vemos uma troca sem traumas não há nada contra o atual diretor da Abin. Troca feita por orientação do presidente, buscando uma nova situação para inteligência”, disse Heleno. O ministro afirmou que busca outro perfil do setor de inteligência para comandar a Abin, buscando mais integração e velocidade na troca de informações.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua