Brasil

Bolsonaro sobrevoa áreas afetadas por ‘ciclone bomba’ em SC

SÃO PAULO, 4 JUL (ANSA) – O presidente Jair Bolsonaro chegou na manhã deste sábado (4) a Santa Catarina para sobrevoar uma das regiões mais atingidas pelo “ciclone-bomba”, que provocou ao menos 10 mortes no sul do país. Utilizando máscara de proteção contra o novo coronavírus, o líder brasileiro foi recebido no aeroporto de Florianópolis pela vice-governadora Daniela Reinehr, onde a comitiva embarcou em um helicóptero para visitar a Grande Florianópolis. O sobrevoo teve duração de aproximadamente uma hora e, logo depois, Bolsonaro participou de uma reunião com as autoridades catarinenses. Na sala do aeroporto, ele manifestou solidariedades às famílias das vítimas e falou sobre apoio para ajudar na reconstrução da área afetada. Nesta semana, o fenômeno “ciclone bomba”, que provoca fortes tempestades e rajadas de vento, que podem atingir mais 100 km/h, causou danos e destruição em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Ao todo, 10 pessoas morreram. (ANSA)

Veja também

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?