Brasil

Bolsonaro: Qual o ponto na fita que interfiro na PF? Moro deve estar revoltado


O presidente Jair Bolsonaro afirmou há pouco, em entrevista à rádio Jovem Pan, que as “fitas estão aí, cada um interprete como entender”, ao comentar o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril, liberado nesta sexta-feira, 22, pelo ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal (STF). “Qual o ponto na fita que interfiro na PF? Moro deve estar revoltado, não tem nada”, afirmou.

Bolsonaro disse que sua posição era para que fosse divulgado trechos ligados ao inquérito. Ele afirmou que conhece os ministros e teve a liberdade de falar o que sente na reunião gravada.

Bolsonaro reafirmou que defendeu o armamento da população e que povo desarmado pode ser dobrado e não dar “grito de guerra”. O presidente criticou o ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro por não ter se exposto sobre a questão do armamento. “Lamentavelmente, o sr. Sérgio Moro não se expôs (sobre armas), não entrava em campo”, disse.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS