Brasil

Bolsonaro posta vídeo obsceno e compra briga com blocos

Crédito: NORBERTO DUARTE / AFP

Criticado em blocos de carnaval Brasil afora, o presidente Jair Bolsonaro reagiu e usou o Twitter para postar um vídeo escatológico para associar as festividades de rua à obscenidade. As imagens, feitas em um bloco de carnaval em São Paulo, mostram um homem colocando o dedo no ânus e depois se abaixando para outro indivíduo urinar em sua cabeça.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

“Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conslusões [conclusões]”, escreveu Bolsonaro no Twitter.

Segundo a Folha de S. Paulo, o vídeo é de um bloco chamado “Blocu”, que desfilou na última segunda-feira (4), no centro de São Paulo. Após mais de 12 horas de sua publicação, a postagem continuava disponível para os 3,45 milhões de seguidores do presidente na rede social.

Os blocos pelo país foram marcados pelos protestos contra Bolsonaro, xingado por foliões em diversas cidades. Além disso, muitas fantasias ironizaram as supostas candidaturas laranjas do PSL e a relação da família Bolsonaro com Fabrício Queiroz.

No célebre carnaval de Olinda, o boneco do presidente da República foi hostilizado pelo público e alvo de latas de cerveja, apesar de também ter recebido aplausos.

Bolsonaro ainda criticou “dois famosos” que, segundo ele, acusam o governo de querer acabar com o carnaval, em referência a Caetano Veloso e Daniela Mercury. Na música “Proibido o carnaval”, os artistas defendem a liberdade sexual, ironizam a ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, e demonstram apoio ao ex-deputado Jean Wyllys, que se autoexilou na Europa devido a ameaças de morte.

“Dois ‘famosos’ acusam o Governo Jair Bolsonaro de querer acabar com o Carnaval. A verdade é outra: esse tipo de ‘artista’ não mais se locupletará da Lei Rouanet”, escreveu o presidente no Twitter, ao publicar o vídeo de uma marchinha pró-governo.

(ANSA)

Veja também

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Por decisão judicial, Ciro Gomes tem imóvel penhorado em processo com Collor

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Baleia jubarte consegue escapar de rio cheio de crocodilos na Austrália

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea