Geral

Bolsonaro: no nosso governo, não queremos saber de campanhas de desarmamento


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que pretende propor projeto para estender o prazo de recadastramento de armas não regularizadas no Brasil. Segundo ele, “todas as ditaduras são precedidas por campanhas de desarmamento”. “Nosso governo não quer saber de campanha de desarmamento”, completou

O deputado Vitor Hugo (PSL-GO), presente na transmissão ao lado do presidente, defendeu proposta de flexibilização do porte de armas que eliminaria a necessidade de comprovar “efetiva necessidade” de se ter armas.

Bolsonaro ainda criticou membros do poder Judiciário, que se opõe à flexibilização das regras para porte e posse de arma. “Não abrem mão de segurança particular”, afirmou. Em seguida, criticou a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber, apontada pelo presidente como contrária à medida. “Não sei se ela tem segurança. Deve ter policial federal com ela. Deveria não ter, para dar exemplo”, afirmou.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago