Bolsonaro mostra que não é ‘incomível’ e torna-se uma ‘tchutchuca’ do Centrão

Crédito: Divulgação

(Crédito: Divulgação)


Se Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto, tivesse mesmo alguma, eu lhe diria: que vergonha, hein? Como tal sentimento lhe é ainda mais escasso que empatia, amor ao próximo e solidariedade, eu simplesmente afirmo: cretino, calhorda, canalha.

O amigão do Queiroz, como sabido, é o maior estelionatário eleitoral já visto neste triste País. Prometeu combater a corrupção, e nada fez. Ou melhor, fez muito, mas justamente contra o combate. Juntou-se ao STF e à demonização de Sergio Moro.

O devoto da cloroquina prometeu privatizar a TV Lula, mas apenas transformou-a em BolsoTV. Também prometeu vetar o bilionário fundo eleitoral em 2019, mas não só o sancionou, como agora irá dobrá-lo para 4 bilhões de reais, no mínimo.

ME ENGANA QUE EU GOSTO

Elegeu-se jurando jamais entregar o governo para os partidos, e não administrar na base do ‘toma lá, dá cá’. Mas já deu 11 bilhões de reais para Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, para que nenhum pedido de impeachment siga adiante.

O maníaco do tratamento precoce também já entregou as chaves do cofre federal à esposa de José Roberto Arruda – ex-governador do DF que foi cassado e preso por corrupção -, uma deputada inexperiente, em primeiro mandato, mas… do Centrão.

E também nomeou – e saiu em defesa! – seu líder de governo na Câmara, o deputado Ricardo Barros, outro expoente do Centrão, acusado de intermediar um esquema de superfaturamento de nada menos que 1000% na compra de vacinas contra a Covid.

O GOLPE TÁ AÍ; CAI QUEM QUER

Mas não só: prometeu jamais aumentar impostos, mas irá enviar proposta de reforma tributária neste sentido. E prometeu também ‘tirar Brasília das costas do Brasil’, mas igualmente nada fez. Por derradeiro, a cusparada de misericórdia na fuça do eleitor.

Além de entregar a Casa Civil – o mais importante ministério do governo – para Ciro Nogueira, um dos líderes do Centrão e réu em ações penais, o pai do senador das rachadinhas e da mansão de seis milhões de reais declarou o seguinte:

‘Ciro vai para a chefia da Casa Civil. É a alma do governo’. E mais: ‘ele está feliz, disse para mim que era o sonho da sua vida ocupar um ministério desse’. Pois é. Isso porque Ciro Nogueira considera Bolsonaro burro, fascista e despreparado.

DOR DE ‘CORNO’

Para quem estava incomodado com a aliança do mito com Gilmar Mendes e Dias Toffoli, ou por ter indicado dois petistas – Augusto Aras e André Mendonça – para, respectivamente, PGR e ministro do STF, ter o Centrão no comando deve ser duro.



Sem nos esquecermos, claro, da indicação de Kassio Nunes Marques, um inimigo assumido da Operação Lava Jato, para o Supremo. Diante de tudo isso, tornar-se aliado de Collor, amigo de Roberto Jefferson e ouvinte de Sarney, é fichinha.

Fico imaginando a ‘dor de corno’ que devem estar sentindo os tais ‘bolsominions’, coitados. Mansos que são, terão agora de encontrar alguma desculpa para perdoar e defender o pilantra que lhes deu um belíssimo de um ‘beiço’, hehe.

BRAVO COM LULA, TCHUTCHUCA COM O CENTRÃO

Bolsonaro adora dizer que é ‘incomível, imbroxável e imorrível’. Já disse aqui o que penso a respeito. Imorrível, não é. Imbroxável, é com a receptora de 90 mil reais em cheques de miliciano. Incomível? Bem, Ciro Nogueira e Arthur Lira provam que não.

Quem assiste a esse espetáculo de vigarice – imagino que indignado – é o ex-tudo (ex-presidiário, ex-corrupto e ex-lavador de dinheiro) Lula da Silva. O meliante de São Bernardo deve estar com inveja de tamanha desfaçatez. E ciúmes também.

O capitão adora posar de cabra-macho para as esquerdas. É pena que não faça o mesmo com os vagabundos (é como os bolsonaristas chamavam os deputados e senadores do Centrão) que anda trazendo para o governo para saquearem o País. Com estes, o psicopata-sociopata-homicida é apenas uma ‘tchutchuquinha’ dócil, carinhosa e servil.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.