Brasil

Bolsonaro lamenta vítimas de Covid-19 e ressalta que morte: ‘É o destino de todo mundo’

Crédito: AFP

Após o Brasil estar perto de atingir a marca negativa de 30 mil óbitos por Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou as mortes causadas pelo novo coronavírus e disse que a morte é o “destino de todo mundo”.

A declaração do presidente foi dita depois de uma apoiadora pedir uma mensagem de Bolsonaro para as vítimas e as famílias de luto pela Covid-19.

“A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, relatou o presidente.

Outro ponto referente à pandemia foi novamente o debate sobre o uso da cloroquina. No entendimento de Bolsonaro, os que são contra o medicamento devem apresentar outras soluções.

“O pessoal que reclama da cloroquina, então dê alternativa. Que diga ‘sou contra isso’, mas aponte qual é a outra [alternativa]. Sabemos que pode ser que não seja tudo isso que alguns pensam, mas é o que aparece no momento. Pode [não ser tudo isso], mas tem muito relato de pessoas, muito médico favorável. A briga farmacêutica é muito grande”, frisou o presidente.

Apesar do uso da cloroquina em pacientes com Covid-19 não ter um resultado sólido, o medicamento foi usado em todo mundo sob prescrição médica em alguns casos da doença.

No Brasil, ao contrário de outros países, a cloroquina foi sugerida para medicar casos leves do novo coronavírus.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Fotos íntimas de apresentadora italiana são vazadas em aplicativos de mensagens no Brasil
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Após se aposentar da Globo, Sérgio Chapelin aparece com novo visual; veja
+ Nick Cordero morre aos 41 anos, vítima de complicações da Covid-19
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior