Brasil

Bolsonaro lamenta que militar com cocaína não tenha sido preso na Indonésia

Crédito: Charly TRIBALLEAU / AFP

Jair Bolsonaro concedeu entrevista coletiva durante cúpula do G20, em Osaka, no Japão, neste sábado (29), e falou sobre o militar brasileiro que foi pego com cocaína no avião. O presidente do Brasil afirma que o responsável “traiu sua confiança”.

Além disso, Bolsonaro lamentou que o sargento não tenha sido detido na Indonésia, onde o crime de tráfico de drogas é punido com pena de morte.

“Aquele elemento traiu a confiança. Pena que não foi na Indonésia, para ter o mesmo destino que o Archer teve no passado”, afirmou o presidente, se referindo ao brasileiro Marcelo Archer, executado por fuzilamento na Indonésia em 2015.

O militar brasileiro foi detido com 39 kg de cocaína, na última quarta-feira (26), durante controle aduaneiro de rotina na Espanha.

Veja também
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago