Brasil

Bolsonaro: Foi clara decisão de mandar abrir CPI contra presidente


O presidente Jair Bolsonaro disse na noite desta segunda-feira, 12 que foi clara a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de mandar abrir uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar denúncia contra ele, “não contra quem possivelmente desviou recursos” na pandemia.

“Eu não interfiro em lugar nenhum”, afirmou. “Olha, nós estamos ligados à pandemia desde fevereiro do ano passado, quando gente liberou carnaval, mas tudo bem”, disse, sem, no entanto, citar os nomes de Barroso nem de governadores.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), avalia a possibilidade de ampliar o escopo das investigações da CPI da Covid para incluir Estados e municípios.

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS