Brasil

Bolsonaro faz rápida passagem em ato de apoiadores em Brasília e sai sem falar


O presidente Jair Bolsonaro fez uma rápida passagem em ato de apoiadores na Esplanada do Ministério, em Brasília. O presidente chegou por volta de 11h30 e fez uma caminhada, cumprimentando apoiadores. Ficou cerca de dez minutos no local e retornou ao Palácio da Alvorada, onde mora, com o comboio de carros oficiais.

Era esperado que o presidente subisse em um dos carros de som, que havia sido preparado para ele, mas Bolsonaro saiu sem falar. Aliados aconselharam o presidente a não participar dos atos para evitar uma escalada do conflito com o Supremo Tribunal Federal (STF). A avaliação é de que o chefe do Executivo teve ganhos políticos ao confrontar o Supremo no caso do deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) e agora é preciso baixar a temperatura da crise.

O ato bolsonarista deste domingo na capital federal tem faixas com pedidos de destituição dos ministros do STF, além de críticas à esquerda, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O mote do ato é a defesa de Silveira, que foi condenado a oito anos e nove meses de prisão pelo Supremo por ataques à democracia, mas recebeu perdão presidencial.