Bolsonaro está sempre na página errada da história, diz senador

Crédito:  Jefferson Rudy/Ag√™ncia Senado

Alessandro Vieira, senador (Crédito: Jefferson Rudy/Ag√™ncia Senado)


A coluna conversou com o senador Alessandro Vieira (Cidadania RS) sobre os mais recentes desatinos do presidente Jair Bolsonaro. Acompanhe trechos da entrevista.

O que o senhor achou da ida de Bolsonaro à periferia de Brasília, desrespeitando a orientação do ministro da Saúde?
Foi um ato de absoluta irresponsabilidade, contrário às orientações de saúde do mundo. Ele sempre está na página errada da história.

Ele está cada vez mais isolado da sociedade?
Claramente ele busca um discurso de vítima do sistema, talvez para justificar sua incapacidade gerencial e política, ou pior, para causar uma ruptura que justifique eventual tentativa de autogolpe.

O presidente pode ser responsabilizado se houver grande mortandade no país?
O gestor sempre terá responsabilidade sobre os resultados do seu trabalho. Ao desprezar os técnicos e a ciência, a responsabilidade será maior.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago



Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.