Economia

Bolsonaro diz que auxílio emergencial terá mais duas ou três parcelas

Crédito: Reprodução/ YouTube

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (15), em entrevista à SIC TV, afiliada da Record em Rondônia, que o Ministério da Economia estuda o pagamento de “mais duas ou três parcelas” do auxílio emergencial após o fim de benefício atual, que termina em julho.

“Mais duas ou três parcelas, está faltando só esse ‘finalmente’ aí, de auxílio emergencial de média de R$ 250. Média”, disse o presidente.

A rodada atual do auxílio emergencial é de quatro parcelas, que começaram a ser pagas em abril e devem ser encerradas em julho, com valores entre R$ 150 e R$ 375 por parcela mensal.

Bolsonaro também afirmou que deve aumentar em dezembro o valor pago pelo programa Bolsa Família, programa criado na gestão do PT.

“No tocante ao Bolsa Família, tivemos uma inflação durante a pandemia no tocante aos produtos da cesta básica em torno de 14%, você teve item que subiu até 50%, sabemos disso aí. A ideia é dar um aumento de 50% para ele em dezembro. Passaria de, em média, R$ 190 para R$ 300. É isso que está praticamente acertado”, disse Bolsonaro.

Veja também
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio