Bolsonaro deveria nomear o Queiroz para a Petrobras

Bolsonaro deveria nomear o Queiroz para a Petrobras

Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto, e seu desgoverno aloprado são como aquelas birutas de aeroporto. Em um mesmo dia mudam de direção umas duzentas vezes. Não sabem se casam ou se compram uma bicicleta; se vão ou se ficam; se atam ou desatam.

O devoto da cloroquina troca de presidente da Petrobras como troca de ministro da Saúde. Ou da Educação! Na verdade, troca essa gente toda com o mesmo planejamento e critério com que troca as cuecas pela manhã. O Brasil não está nesse caos à toa, não, senhores.


Pois é. Menos de 40 dias depois, eis que o patriarca do clã das rachadinhas rifou mais um ‘presida’ da Petobrais, como diria Lula da Silva, o meliante de São Bernardo. Aliás, se sob o petista a empresa foi assaltada de cabo a rabo, sob o ‘mito’, os assaltados somos nós.

O anúncio da demissão de José Mauro Coelho é um verdadeiro escândalo, já que deixa clara e evidente a intenção do governo de intervir na empresa, o que, além de impróprio, pode configurar crime, já que a estatal é de economia mista, sob rígidas regras de mercado.

O novo presidente (até quando?) é Caio Paes de Andrade, pau-mandado, ops!, assessor direto de Paulo Guedes, o ex-posto Ipiranga e atual animador de auditório – nas horas vagas, comediante de stand up: ‘entro no supermercado e as pessoas me agradecem’.

O rapaz irá fazer o quê? Baixar os preços no porrete, como outrora fez Dilma Rousseff, nossa eterna estoquista de vento, e destruir os cofres da empresa? Ou irá fazer como os quatro ou cinco últimos presidentes, respeitar as regras do jogo e ser demitido em breve?

Vamos ver o que o ‘governo liberal’ da dupla JB & PG irá fazer dessa vez. Intuo que, como sempre, merda! Na boa, Bolsonaro deveria nomear presidente da ‘Petobrais’ seu amigão de décadas, o Queiroz. Se tudo desse errado, ainda restaria alguns micheques como consolo.






Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.