Economia

Bolsas da Europa fecham em alta com recuperação após temor por coronavírus

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta terça-feira, 28, em um movimento de recuperação após quedas expressivas recentes, causadas pelo temor com a disseminação do coronavírus e seu possível impacto à economia. O índice pan-europeu Stoxx encerrou o dia em alta de 0,84%, a 417,56 pontos.

Depois de o tombo de ontem, os mercados acionários europeus encontraram espaço para recuperação nesta terça-feira. Ainda assim, o mundo segue atento ao surto de coronavírus: já são 4.630 infectados e 106 mortos na China. A doença já se espalhou para 15 países e três regiões. Na avaliação do Commerzbank, o coronavírus não deverá ter consequências econômicas sérias e duradouras, embora seus desdobramentos sejam incertos.

Seja como for, em um dia mais positivo para os mercados, o índice FSTE 100, da Bolsa de Londres, encerrou o dia em alta de 0,93%, a 7.480,69 pontos. O índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, por sua vez, avançou 0,90%, a 13.323,69 pontos. A ação da Lufthansa avançou 1,45%, também em movimento de recuperação. Empresas aéreas foram muito pressionadas pelos temores em torno do coronavírus, já que entidades têm recomendado que cidadãos evitem viagens neste momento.

O índice CAC 40, da Bolsa de Paris, fechou com ganho de 1,07%, 5.925,82 pontos. As ações da Peugeot subiram 2,11% e as da Renault, 1,30%. Ainda entre as montadoras, a Fiat subiu 1,33% no índice FTSE MIB, da Bolsa de Milão, que encerrou o dia em alta de 2,61%, a 24.027,63 pontos, máxima do dia.

O índice Ibex 35, da Bolsa de Madri, encerrou o dia com ganho de 1,26%, a 9.484,20 pontos, enquanto o PSI 20, da Bolsa de Lisboa, fechou em alta de 1,24%, a 5.243,32 pontos.