Economia

Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em alta, após decisões de Fed e BoJ

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira, à medida que investidores digeriram decisões de política monetária nos Estados Unidos e no Japão.

Ontem, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) cortou juros em 0,25 ponto porcentual, como se previa, mas não deixou claro se haverá mais reduções este ano, uma vez que há divergências entre os dirigentes da instituição.

Já o Banco do Japão (BoJ) manteve sua política monetária inalterada na madrugada de hoje, mas seu presidente, Haruhiko Kuroda, afirmou que o BC japonês está mais inclinado a adotar medidas adicionais de estímulos do que estava em sua reunião anterior, em julho. Isso significa que quaisquer comentários de autoridades do BoJ serão acompanhados de perto nos próximos dias.

O índice japonês Nikkei subiu 0,38% em Tóquio hoje, a 22.044,45 pontos, atingindo o maior patamar desde 26 de abril.

Na China continental, o Xangai Composto avançou 0,46%, a 2.999,28 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto teve alta de 1,03%, a 1.672,63 pontos.

Para o economista-chefe do Centro de Intercâmbio Econômico Internacional da China (CCIEE, pela sigla em inglês), Chen Wenling, Estados Unidos e China deverão chegar a um acordo comercial preliminar no próximo mês, com Pequim concordando em comprar mais produtos americanos e o governo Trump adiando mais aumentos de tarifas e relaxando restrições à gigante de telecomunicações chinesa Huawei, segundo matéria publicada hoje pelo jornal chinês South China Morning Post.

Em outubro, representantes de alto escalão dos EUA e da China deverão se reunir em Washington para retomar negociações comerciais e tentar superar a disputa bilateral que se arrasta desde meados do ano passado.

Em outras partes da Ásia, o sul-coreano Kospi subiu 0,46% em Seul, a 2.080,35 pontos, acumulando ganhos pelo 10º pregão consecutivo, mas o Hang Seng caiu 1,07% em Hong Kong, a 26.468,95 pontos, e o Taiex recuou 0,32% em Taiwan, a 10.894,70 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana encerrou os negócios desta quinta no maior patamar em sete semanas, graças principalmente ao bom desempenho de ações de telecomunicações e de concessionárias públicas. O S&P/ASX 200 avançou 0,54% em Sydney, a 6.717,50 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.