Geral

Boechat recusou convite da CNN Brasil, diz colunista

Crédito: ANDRE LESSA/ISTOE

O jornalista Ricardo Boechat (Crédito: ANDRE LESSA/ISTOE)

O jornalista Ricardo Boechat, que morreu na segunda (11) aos 66 anos na queda de um helicóptero na Grande São Paulo, havia renovado contrato com a Band em dezembro. O novo contrato tinha duração de um ano. As informações são de Ricardo Feltrin, colunista do UOL.

Segundo o colunista, o acordo era de curto prazo devido a enorme crise financeira que se abate sobre a Band nos últimos anos.

Ainda segundo o colunista, a CNN lhe fez uma proposta praticamente em aberto: salário várias vezes maior que o da Band, contrato de três anos e o posto de principal âncora da nova emissora, que deve estrear no segundo semestre.

Exatamente como fez com o SBT no final de 2017, Ricardo Eugênio Boechat disse ao interlocutor da CNN em novembro último que se sentia imensamente honrado com o convite e o posto oferecido, mas que, no momento, não podia “abandonar o barco” na Band.

Cerca de duas semanas depois Boechat se reuniu com a cúpula da Band e, sem comentar o interesse da CNN Brasil, renovou seu contrato por mais um ano.