Geral

‘Boa noite, Cinderela’ é usado por bandidos para furtar dinheiro pelo Pix

Crédito: Reprodução/OASH/U.S. Departament Of Health & Human Services

Imagem ilustrativa (Crédito: Reprodução/OASH/U.S. Departament Of Health & Human Services)


Com a flexibilização das medidas de contenção à pandemia, algumas festas e shows já voltaram em praticamente todo o Brasil. No estado de São Paulo, o mês de novembro está sendo marcado pelas ocorrências do golpe conhecido como “boa noite, Cinderela”. As informações são do portal R7.

Esse golpe antigo consiste na administração de uma ou mais drogas adicionadas à bebida da vítima para fazê-la ficar inconsciente.

Em entrevista ao portal, um empresário, de 35 anos, que preferiu não se identificar, revelou que conheceu um rapaz na balada e acordou em sua casa na manhã seguinte sem o celular, notebook e a carteira.

“Minha memória demorou a voltar, eu estava grogue, mal conseguia sair da cama. Primeiro pensei que tivesse perdido o celular na balada, fui pegar o computador para ver se conseguia localizar [o aparelho], mas também não o encontrei. Aí comecei a perceber que tinha algo de errado”, disse.

Depois o empresário pediu ajuda a uma vizinha e conseguiu bloquear o aparelho celular. Ao acessar a sua conta bancária, o rapaz teve mais uma surpresa. “Foram várias transferências pelo Pix, uns R$ 6.000, e compras no cartão de crédito de mais de R$ 10 mil.”

O delegado titular da 1ª Delegacia Seccional de Polícia, Roberto Monteiro, informou que os criminosos estão usando cada vez mais o “boa noite, Cinderela” para furtar dinheiro das vítimas por meio do Pix.

“Hoje em dia, não é mais só o bem subtraído de imediato, como relógio, joia […]. Eles também se utilizam de cartões de crédito para os golpes e agora, especialmente, o celular para transferências bancárias por Pix e até para fazer empréstimos”, afirmou.

Ele também ressalta a importância de procurar a polícia para fazer uma notícia-crime. Algo que muitas vítimas não fazem por sentirem vergonha.

“Mas agora, com as fraudes bancárias, a pessoa é obrigada a procurar (a polícia)”, disse.

Para se proteger desse tipo de golpe, o delegado alerta para: nunca aceitar bebidas oferecidas por desconhecidos, suspeitar de pessoas que demonstrem interesse excessivo, pegar algum tipo de contato dessa pessoa e reduzir o limite de transferência pelo Pix.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais