Economia

BNDES aprova empréstimo de R$ 1,76 bi para linha de transmissão no RS

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quarta-feira, 9, a aprovação de um empréstimo de R$ 1,76 bilhão para a Chimarrão Transmissora de Energia S.A., concessionária da linha de transmissão de 1,2 mil quilômetros que escoará a produção de parques de geração de energia eólica no Rio Grande do Sul.

A Chimarrão Transmissora de Energia é uma sociedade da Cymi Construções e Participações, do grupo espanhol ACS, e do fundo de investimentos em participações Brasil Energia, do grupo canadense Brookfield, informou o BNDES. A concessão foi obtida em leilão de dezembro de 2018.

O investimento total do projeto é de R$ 2,24 bilhões, disse o BNDES. Os 1,2 mil quilômetros da linha de transmissão cruzarão 43 municípios gaúchos, escoando 6.475 megawatts (MW). Segundo o BNDES, essa energia é suficiente para abastecer aproximadamente 12 milhões de famílias.

O financiamento do BNDES foi estruturado com prazo de 24 anos, incluindo carência. Serão financiadas as obras civis e a aquisição de materiais e equipamentos nacionais necessários para a implantação do empreendimento.

Devem ser gerados cerca de 9.450 empregos diretos e indiretos durante as obras e 175 após sua conclusão, prevista para o primeiro semestre de 2022, informou o BNDES.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Comparativo Honda CRF 1000L Africa Twin x Suzuki V-strom 1000

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago