Geral

“Blitz da vida” no Rio enfrenta resistência para retirar pessoas das praias

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro está realizando neste sábado a operação “Blitz da Vida”, uma espécie de “pente-fino” nas praias cariocas para coibir aglomerações e exigir o uso de máscaras.

Ao todo são 81 guardas municipais fiscalizando as praias da zona sul carioca, atuando em parceria com a Polícia Militar.

Mesmo com a proibição da Prefeitura do Rio, muitas pessoas aproveitaram o dia de sol na cidade para romper o isolamento social e ir à praia ou andar no calçadão da orla, muitos sem máscaras e desrespeitando a ordem de não formar grandes grupos.

Segundo a Prefeitura, a frequência na praia somente será liberada após a descoberta da vacina contra o covid-19.

Em Ipanema, um casal chegou a entrar em conflito com os agentes, que tentavam retirá-los da areia por estarem sem máscaras, mas acabaram sendo liberados após momentos de tensão, com gritos e tumulto em torno da intervenção policial. A multa para a ausência da máscara é de R$ 107.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?