Cultura

Bienal de arte na Itália abordará ‘viagem do amor’

SÃO PAULO, 12 JUL (ANSA) – A bienal italiana de arte “Il Vuoto e le forme”, na cidade de Chiavenna, na Lombardia, volta neste ano dedicando seu tema ao amor. A sexta edição do evento acontece de 22 de julho a 7 de outubro e promete explorar a “viagem do apaixonar-se”.   

A mostra narrará cada faceta do amor, em todas as suas formas e expressões possíveis. “A arte sempre contou as paixões humanas, em particular aquelas amorosas. Dos quadros renascentistas àqueles modernos, a relação entre dois indivíduos evolui no tempo e, por consequência, sua representação muda”, explica a curadora do evento, Anna Caterina Bellati.   

Cada um dos 24 artistas presentes interpretará, usando suas técnicas, o microcosmo da relação entre homem e mulher dentro do macrocosmo, que chamamos de mundo. “O evento deve ser lido e aproveitado por pessoas de qualquer formação cultural, de qualquer idade e condição social”, garante Bellati.   

A bienal terá a participação dos artistas Peggy Milleville, Antonio Abbatepaolo, Massimo Barlettani, Carlo Cane, Carmela Cipriani, Marco Cornini, Diego Dutto, Martine Della Croce, Donato Frisia Jr, Ettore Greco, Anna Lorenzini, Paola Madormo, Susanna Magrin, Marco Martelli, Filippo Negroni, Mario Paschetta, Tobia Ravà, Luana Segato, Alessandro Spadari, Marialuisa Tadei, Teresano Sara, Fulvia Zambon, Alessandro Zannier e Elisabetta Zanutto. (ANSA)