ISTOÉ Gente

Biel é acusado de ‘calote’ por ex-empresário: ”Manipulador. Não espero mais nada dele”

Crédito: Reprodução Instagram

O cantor Biel teria dado um golpe em Eduardo Ferreira, seu ex-empresário. Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, do Rio de Janeiro, Eduardo confirmou ter levado um calote do funkeiro e revela ter tido um prejuízo de R$ 80 mil.
“Tenho uma agência de influenciadores e conheci o Biel através de um artista. Como um bom manipulador, ele me disse que sofreu um grande golpe da Warner e da Anitta. Que eles tramaram sua queda e que a história da repórter (que ele assediou durante uma entrevista) foi combinada porque precisava cancelar ele para subir a Anitta. Contou do seu sofrimento e que precisava de uma agência. Então, pensei em fazer uma gestão de crise. Começamos a trabalhar com ele, e ele morou na minha casa em janeiro, antes de voltar das férias do Brasil para os EUA”, conta o empresário a coluna de Fábia.
Ferreira ainda garantiu que Biel deu trabalho e ainda fez promessas em vão. “Ele fazia grandes exigências em casa, e eu disse a ele que não tinha condições financeiras pra manter um artista do gabarito dele. Então, ele disse para investir nele que, quando chegasse dos EUA, tudo seria devolvido, como um empréstimo. Tivemos vários problemas, como comportamento exagerado. E eu não sabia que ele estava sem dinheiro e falido nos EUA. Em fevereiro, gravamos um clipe em Campos do Jordão. Viagens, alimentação… Tudo com dinheiro emprestado, a ponto de um influencer, o Vinnie Picino, usar o cartão de crédito do pai como empréstimo para o Biel, na promessa de que seria tudo pago com um investidor dos EUA. O prejuízo desse pai foi de mais de R$ 30 mil”.
E continuou: “Fora custos com farras em prostíbulos… Ele não pagou as profissionais. Uma vez, eu o acompanhei a uma casa de massagens na Rua Augusta e ele levou mais de cinco garotas pra casa e não as pagou. Elas ameaçaram ir para a imprensa, e então eu tive que arcar também com esse prejuízo”.
O manager disse que pagaria as dívidas com ajuda de um grande empresário, dono de uma marca bem forte nos Estados Unidos. “Ele voltou para EUA, pois tinha audiência com a justiça americana. Então comprei as passagens, e ele disse que tudo seria devolvido por um investidor que era dono da Nickelodeon. Quando voltou ao Brasil, vimos que era tudo mentira”.
“Por conta de altos gastos, eu tive um prejuízo grande com minha empresa, o que resultou nas demissões de famílias. Não espero mais nada dele, apenas que pague a família do Vinnie, pois seu pai ficou doente com esse enorme prejuízo. E eu saio com prejuízo emocional. Cheguei a ter depressão e tive que reduzir meus sonhos demitindo funcionários por conta dos prejuízos morais e financeiros. Tentamos conversar, e ele veio até minha casa humilhando a mim e as pessoas com quem trabalho”, concluiu ele.

Veja também
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Corpo de Gabby Petito é encontrado, diz site; legista afirma que foi homicídio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio