Comportamento

Biden nomeia equipe de comunicações totalmente feminino

Biden nomeia equipe de comunicações totalmente feminino

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e a vice-presidenta eleita, Kamala Harris, priorizaram a diversidade em suas nomeações para o futuro governo - AFP

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou neste domingo (29) que a equipe de comunicações da Casa Branca será integrada exclusivamente por mulheres – algo inédito na história do país, anunciou a Presidência.

Entre as nomeadas está Jen Psaki, que atuará como secretária de imprensa da Casa Branca, um cargo de alta exposição.

Psaki, de 41 anos, ocupou vários cargos de alto nível, inclusive o de diretora de comunicações da Casa Branca durante o governo do presidente Barack Obama, de quem o futuro presidente foi vice.

Biden e a vice-presidente eleita, Kamala Harris, tentou fomentar a diversidade nas nomeações que foram anunciadas até agora para integrar o Executivo, que assumirá suas funções em 20 de janeiro.

“Tenho o orgulho de anunciar hoje a primeira equipe de comunicações de alto nível da Casa Branca, composto em sua totalidade por mulheres”, disse o presidente eleito em um comunicado.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

“Estas comunicadoras qualificadas e experientes aportam diversas perspectivas ao seu trabalho e um compromisso compartilhado de reconstruir este país”, acrescentou.

Além de Psaki, foram anunciadas mais seis nomeações.

Kate Bedingfield, que foi vice-diretora de campanha de Biden, assumirá o cargo de diretora de comunicações da Casa Branca.

Ela foi diretora de comunicações de Biden, quando ele era vice.

Ashley Etienne dirigirá as comunicações de Harris, de quem Symone Sanders será a porta-voz principal.

Pili Tobar foi nomeada como vice-diretora de comunicações da Casa Branca e Karine Jean Pierre será a vice-diretora principal de imprensa.

Elizabeth Alexander ocupará, por sua vez, a direção de comunicações da futura primeira-dama, Jill Biden.

Estas nomeações não precisam de confirmação no Senado, diferentemente da maioria dos cargos no nível de gabinete.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel