Esportes

Bia Haddad estreará contra tenista do quali em Roland Garros


Única representante do Brasil nas chaves de simples de Roland Garros, a tenista Beatriz Haddad Maia vai estrear no Grand Slam francês contra uma adversária que sairá do qualifying, de acordo com sorteio realizado nesta quinta-feira. No masculina, a chave direcionou um possível confronto entre o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic nas quartas de final em Paris.

A definição dos tenistas do quali deve acontecer entre sexta e sábado, quando Bia enfim saberá quem será sua primeira adversária na chave do torneio. Se confirmar o favoritismo na estreia, a brasileira pode encarar a espanhola Garbiñe Muguruza, ex-número 1 do mundo, na segunda rodada.

Foi justamente sobre a tenista da Espanha que Bia obteve seu melhor resultado em outro Grand Slam. Em Wimbledon, em 2019, ela venceu Muguruza na rodada de abertura. Uma nova vitória poderia colocar a brasileira na rota de um duelo com a americana CoCo Gauff, 18ª cabeça de chave, na terceira rodada.

Entre as favoritas, a polonesa Iga Swiatek também estreará contra uma rival do quali. A número 1 do mundo, embalada por 28 vitórias consecutivas no circuito, poderá cruzar com a romena Simona Halep, ex-líder do ranking e campeã de Roland Garros. E seu quadrante tem ainda a belarussa Aryna Sabalenka, a checa Karolina Pliskova e a espanhola Paula Badosa.

Na outra ponta da chave, a checa Barbora Krejcikova encara na rodada de abertura a local Diane Parry. Número dois do mundo e atual campeã de Roland Garros, ela está no mesmo quadrante de Bia, com chances de cruzar com a experiente belarussa Victoria Azarenka, a estoniana Anett Kontaveit e a própria Muguruza.

MASCULINO

Candidato ao título, Djokovic vai estrear contra o japonês Yoshihito Nishioka, enquanto Nadal terá pela frente o australiano Jordan Thompson. O dono de 13 títulos de Roland Garros poderá encarar o sérvio nas quartas de final. Os dois favoritos poderão cruzar com o espanhol Carlos Alcaraz, sensação da temporada, na semifinal.

A outra metade da chave tem como favoritos o grego Stefanos Tsitsipas, o norueguês Cásper Ruud e o russo Daniil Medvedev, atual número dois do mundo, mas que voltou ao circuito nesta semana, após se recuperar de lesão. Medvedev correrá por fora na disputa do título.