Esportes

Bernardinho adota cautela, mas promete Flamengo/Sesc forte: ‘O sonho é grande’

Em seus primeiros passos no comando do projeto de vôlei que uniu o Sesc-RJ, maior campeão nacional, e o Flamengo, o técnico Bernardinho é cauteloso. O treinador afirmou que a parceria tem tudo para dar certo e ser vitoriosa, mas prefere não estabelecer promessas impossíveis de serem cumpridas.

Em entrevista à FlaTV, canal oficial do clube, divulgada na noite de sábado, Bernardinho garantiu que a equipe vai brigar em cima e terá mentalidade vencedora, sonhando alto. Entretanto, fez questão de dizer que é preciso tempo para que o projeto se estabeleça e vire referência no futuro.

“A expectativa é alta. Vamos brigar? Vamos brigar. Somos favoritos? Longe disso. O orçamento de ao menos quatro (times) são superiores aos nossos. Mas vamos trabalhar e, principalmente, fincar as bases para crescer. Nosso sonho é grande. Sonhar pequeno dá muito trabalho. Flamengo, quando pensa, pensa em Sul-Americana, nossa Libertadores, Mundial. Pensamos nisso, mas precisamos de tempo. Não adianta conseguir um investimento altíssimo e daqui a uns anos acaba. Tem de ser alguma coisa realmente estruturada para que a gente permaneça por décadas, para que isso faça parte dessa estrutura gigantesca que foi uma das coisas que me atraiu”.

Na entrevista, Bernardinho, ao falar dos sonhos que ainda nutre, reforçou o desejo de transformar a união entre Sesc-RJ e Flamengo em algo vitorioso, referência, lembrado no futuro pelos torcedores, repetindo o que já fez ao longo da sua carreira em outros trabalhos. O técnico é dono de sete medalhas olímpicas com as seleções masculinas e femininas, sendo uma como jogador, e também acumula trabalhos bem-sucedidos em clubes.

“A ideia mais importante de tudo é a construção, pés no chão, responsabilidade. A ideia é que seja um projeto longevo, sustentável e que permaneça por muito tempo. Que o vôlei do Flamengo seja visto daqui alguns anos como o remo, o basquete”, destacou. “O desafio é enorme, sei que vai ter trabalho, pressão, é do jogo. A gente quer realizar esse sonho e ter o Maracanãzinho lotado com as partidas de vôlei. Um passo de cada vez e a gente chega la”, prosseguiu.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

O treinador não escondeu seu carinho pelo Botafogo, do qual é torcedor, mas revelou que um de seus ídolos fez história no Flamengo. “O Zico é um ídolo, antes como pessoa, uma figura que há anos e anos eu acompanho e vejo. Sempre admirei a carreira, a trajetória”, contou.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Morre mulher que estava em moto arrastada por carreta na BR101
+ Vídeo mostra retroescavadeira atropelando e matando mulher em Nova York (cenas fortes)
+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok
+ As mulheres mais buscadas no Brasil
+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões
+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais
+ Perlla mostra tatuagem ousada no bumbum
+ 5 dicas para escolher o modelo ideal de sofá para a sala de estar
+ Gato e porquinho viram melhores amigos quando passaram a viver na mesma casa
+ CPTM atualiza mapa das linhas da CPTM e Metrô
+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago