Mundo

Bergamo pagará 500 euros para famílias de vítimas de Covid

BERGAMO, 12 JUL (ANSA) – A Prefeitura de Bergamo, no norte da Itália, pagará 500 euros (cerca de R$ 3 mil, pela cotação atual) para famílias que perderam um ou mais integrantes em função da pandemia do novo coronavírus.   

A cidade foi uma das mais atingidas pela crise sanitária e chegou a ter filas de caminhões do Exército para remover corpos em cemitérios e crematórios que não conseguiam dar conta da quantidade de mortos.   

O benefício é fruto de uma parceria entre a ONG Associação Homo e as empresas municipais de serviços fúnebres e gestão de cemitérios. A iniciativa prevê a distribuição de pelo menos 150 mil euros, o que garantiria o auxílio para 300 famílias.   

O programa é destinado a núcleos familiares residentes em Bergamo e que tenham arcado com despesas fúnebres de parentes mortos na pandemia entre 1º de março e 15 de maio de 2020.   

Com cerca de 120 mil habitantes, a cidade registra cerca de 1,9 mil casos do novo coronavírus, mas o número de óbitos é incerto, já que o Ministério da Saúde e a região da Lombardia divulgam apenas os dados por província.   

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

No entanto, um levantamento feito pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat) mostra que a cidade registrou 1.021 óbitos entre 1º de março e 31 de maio, contra uma média de 350 nos cinco anos anteriores.   

Com isso, o “excesso” de mortes em relação à média no município de Bergamo durante a pandemia seria de 671. A Itália inteira tem 243.061 casos e 34.954 falecimentos causados por Covid-19.   

(ANSA)

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?