Cultura

‘Bella ciao’, a música símbolo da Resistência Italiana

SÃO PAULO, 25 ABR (ANSA) – “Una mattina, mi son svegliato/oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao!/Una mattina, mi son svegliato/ed ho trovato l’invasor.” Assim começa a canção que virou símbolo da Resistência Italiana, “Bella ciao”, entoada nesta quarta-feira (25) a plenos pulmões por todo a Itália por conta do 73º aniversário da libertação do país do nazifascismo.   

Curiosamente, a música, resgatada nos últimos meses por causa da série “La Casa de Papel”, não era muito conhecida durante a Segunda Guerra Mundial e passou a ser associada ao movimento “partigiano” apenas no fim dos anos 1940, ganhando o mundo ao longo das décadas seguintes e virando um hino de liberdade.   

Até hoje sua origem não foi muito bem esclarecida, mas há quem sustente que ela tenha se baseado em uma canção cantada por camponesas da Emília-Romana no início do século 20. No entanto, essa hipótese já foi desacreditada por especialistas no assunto, que acreditam que ela seja um conjunto de influências de músicas populares do norte da Itália.   

Entoada nesta quarta-feira de Roma a Milão, “Bella ciao” já foi a trilha sonora de protestos em diversos cantos do planeta, como as manifestações pró-democracia em Hong Kong, em 2014, e os atos da praça Taksim, na Turquia, em 2013. Também embalou campanhas eleitorais do partido de extrema-esquerda grego Syriza, do primeiro-ministro Alexis Tsipras.   

Durante os mandatos de Silvio Berlusconi como chefe de governo, a música antifascista era frequentemente cantada em forma de protesto por partidos de esquerda italianos. Entre os que já emprestaram sua voz à canção estão o cantor e compositor Giorgio Gaber, a banda Modena City Ramblers e o francês Yves Montand, alguns dos principais responsáveis por sua disseminação.   


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Confira abaixo a letra de “Bella ciao”: Una mattina, mi son svegliato, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! Una mattina, mi son svegliato ed ho trovato l’invasor.   

Oh partigiano, portami via, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! Oh partigiano, portami via, che mi sento di morir.   

E se io muoio da partigiano, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! E se io muoio da partigiano tu mi devi seppellir.   

Mi seppellire lassù in montagna, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! Mi seppellire lassù in montagna, sotto l’ombra di un bel fior.   

E le genti che passeranno, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! E le genti che passeranno ti diranno: “Che bel fior”.   

È questo il fiore del partigiano, oh bella, ciao! Bella, ciao! Bella, ciao, ciao, ciao! È questo il fiore del partigiano morto per la libertà! Tradução: Uma manhã, eu acordei, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! Uma manhã, eu acordei e encontrei o invasor.   

Oh partigiano, me leve embora, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! Oh partigiano, me leve embora, pois sinto que vou morrer.   

E seu eu morrer como partigiano, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! E se eu morrer como partigiano você deve me enterrar.   

Me enterrar lá em cima na montanha, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! Me enterrar lá em cima na montanha, sob a sombra de uma bela flor.   

E as pessoas que passarão, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! E as pessoas que passarão te dirão: “Que bela flor”.   

Esta é a flor do partigiano, oh bela, tchau! Bela, tchau! Bela, tchau, tchau, tchau! Está é a flor do partigiano morto em nome da liberdade. (ANSA)

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel