Economia

BCE: Lagarde acha ‘improvável’ alta de juros em 2022 e reitera que inflação cairá


A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, reiterou que considera “improvável” que a autoridade monetária aumente as taxas de juros em 2022, em meio às expectativas de que a atual escalada inflacionária na zona do euro arrefeça nos próximos meses. Durante evento nesta sexta-feira, Lagarde repetiu a previsão de que a inflação voltará à meta de 2% no ano que vem, à medida que os preços de energia caiam “significativamente” e os gargalos na cadeia produtiva sejam resolvidos gradualmente.

Para ela, o BCE não deve agir contra um movimento temporário, uma vez que um aperto das condições reduziria o ritmo de crescimento econômico. Ainda assim, ela explicou que, na reunião deste mês, o BC europeu “precisa” fornecer mais clareza ao mercado sobre os seus planos.

Na visão da dirigente, dadas as circunstâncias atuais, o Programa de Compra de Emergência de Pandemia (PEPP, na sigla em inglês) deve terminar em março de 2022, conforme previsto.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua



Tópicos

BCE juros Lagarde