Economia

BCE diz que pode ajustar política monetária considerarando questões de clima


Dirigente do Banco Central Europeu (BCE), Isabel Schnabel defendeu nesta segunda-feira que a instituição deve adaptar os modelos macroeconômicos para que eles levem em considerações os riscos relacionados às mudanças climáticas. “O BCE poderia ajustar suas operações de política monetária de forma mais gradual, de acordo com as considerações de sustentabilidade”, disse, na abertura de evento virtual sobre o tema.

Schnabel citou uma série de sugestões que poderiam contribuir para a melhor avaliação do impacto climático. Um deles seria eliminar a compra de ativos em setores que emitem altos níveis de gases poluentes. “Essas políticas têm uma desvantagem de eliminar os incentivos para que empresas em setores intensivos em carbono reduzam suas emissões de gases de efeito estufa”, ponderou.

Para a dirigente, os bancos centrais têm papel importante para guiar os mercados financeiros na transição para a economia verde. “Ao fornecer indicações antecipadas de nossas medidas de política planejadas e dar um exemplo para outros participantes do mercado financeiro, podemos atuar como um catalisador para ajudar a acelerar a transição da sociedade para uma economia neutra em carbono, de acordo com nosso mandato”, ressaltou.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago