Economia

BCE diz que adotou estímulos adicionais para impulsionar inflação

As medidas de estímulos adicionais que o Banco Central Europeu (BCE) anunciou na sua decisão de política monetária do último dia 7 têm como objetivo impulsionar a inflação da zona do euro, segundo boletim mensal divulgado hoje pelo BCE. A meta de inflação do BCE é de taxa ligeiramente inferior a 2%.

+ Mourão, sobre ser vice de Bolsonaro em 2022: ‘Estou trabalhando para isso’

No documento, o BCE também comenta que o enfraquecimento dos últimos dados econômicos indica uma considerável moderação no ritmo de crescimento econômico da zona do euro, fenômeno que irá se estender para este ano.

Além disso, o BCE ressalta que incertezas ligadas a fatores geopolíticos, a ameaça do protecionismo e vulnerabilidades em mercados emergentes “parecem estar deixando marcas no sentimento econômico”.

Há duas semanas, o presidente do BCE, Mario Draghi, fez comentários semelhantes na coletiva de imprensa que se seguiu à decisão de política monetária da instituição.

Veja também

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Ford anuncia local e investimento de US$ 700 milhões em fábrica que criará F-150 elétrico

+ Hubble mostra nova imagem de Júpiter e sua lua Europa

+ RJ: tráfico promete caçar quem gravou equipe do Bravo da Rocinha: ‘Vai morrer’

+ Após morte de cachorro, Gabriela Pugliesi adota nova cadela

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Senado aprova alterações no Código de Trânsito Brasileiro

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ O que é pior para o seu corpo: açúcar ou sal?

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

Tópicos

BCE boletim