Economia

BC da Turquia surpreende com corte de juros pedido por Erdogan

BC da Turquia surpreende com corte de juros pedido por Erdogan

Lira turca


ISTAMBUL (Reuters) – O banco central da Turquia cortou inesperadamente sua taxa de juros em 1 ponto percentual nesta quinta-feira, para 18%, adotando o estímulo há tempos pedido pelo presidente Tayyip Erdogan apesar da inflação alta, e levando a lira a uma mínima recorde.

A expectativa era de que o banco central mantivesse os juros em 19%, patamar em que estava desde março, já que a inflação alcançou 19,25% no mês passado. Apenas dois de 17 economistas consultados pela Reuters projetavam uma redução.

Mas o presidente do banco central turco, Sahap Kavcioglu –que Erdogan colocou no comando da autoridade monetária em março– mostrou-se mais “dovish” (mais inclinada a estímulos monetários) nas últimas semanas, abrindo caminho para o primeiro afrouxamento monetário da Turquia desde maio do ano passado e encerrando o ciclo de aperto que começou há 12 meses.

Kavcioglu começou a enfatizar o núcleo da inflação, que ficou abaixo de 17% em agosto, e disse que a política monetária estava dura o suficiente para aliviar as altas de preços no quarto trimestre.

Esses comentários levaram analistas a alertar a um “erro de política monetária” se os cortes acontecessem cedo demais, embora a maioria projetasse que eles viriam antes do fim do ano.

A lira chegou a cair 1,4% e estava em 8,77 contra o dólar, perto de uma mínima recorde de 8,88 alcançada em junho. A depreciação da moeda causa mais inflação na Turquia devido às importações precificadas em moedas fortes.

Investidores estrangeiros descartaram ativos turcos nos últimos anos devido em parte a preocupações com a independência política do banco central, já que Erdogan demitiu seus últimos três presidente do banco central em 20 meses devido a desentendimentos sobre a política monetária.

Autointitulado “inimigo” das taxas de juros, Erdogan disse em junho que conversou com Kavcioglu sobre a necessidade de um corte em agosto. No mês passado, ele disse que “começaremos a ver uma queda nos juros”.

(Reportagem de Ali Kucukgocmen e Daren Butler)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH8M0F3-BASEIMAGE

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio