Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

A madrugada foi de muito estratégia no Quarto do Líder do Big Brother Brasil. Os brothers do grupo Disney se reuniram para conversar sobre o próximo paredão, que será formado nesta sexta-feira (8).

“É só pensar que peça que a gente quer dar para o público jogar”, começou Arthur. “Quem foi antes?”, pergunta Pedro Scooby. “Quem não vai há mais tempo é a Nat. A Nat não vai desde a quarta semana”, responde Arthur Aguiar. “Faz dois meses que não vai”, completa Gustavo. “Então bota a Nat. Se tiver que sair um dos nossos, vai fazer o que? É porque era pra sair mesmo”, avalia o surfista.

“Realmente, a Nat não dá para ficar mais um Paredão sem ela ir, não. Está há dois meses. Eu não tenho dois meses de casa e ela tem dois meses de folga”, reflete Gustavo. “E, assim, pelos últimos acontecimentos, também é coerente”, pontua Pedro Scooby.

“Quem tira é o público, mas esse Paredão a gente está fazendo um movimento que a gente queria que o Eli saísse ou a Nat saísse?”, questiona Arthur Aguiar. Depois, ele dá a sua opinião a respeito da sister: “Ela dá muito mole. Tem muitas atitudes que não são legais”.

Na sequência, eles analisam os argumentos para a próxima a votação. “Você vai falar o lance do DG, ele vai falar do senso coletivo. Eu, por exemplo, vou falar o que, na minha opinião, ela fez comigo. Quando ela vira para mim e ela fala: ‘eu me identifico com você, eu tenho as mesmas dificuldades que você, eu te entendo’ e me chama no Jogo da Discórdia e me expõe, isso é contraditório”, avalia Arthur Aguiar, que continua expondo os seus pontos de vista.

“Ela é mais preocupada em apontar algo do outro. E ela gasta pouco tempo da trajetória dela olhando para ela para se questionar o que ela poderia fazer melhor. Ela não olha para ela, ela olha para o outro”, conclui o ator.