Esportes

Bayern recorre à Uefa após ataques de torcedores gregos na Youth League

O Bayern de Munique denunciou à Uefa a agressão sofrida por torcedores alemães por parte de torcedores organizados gregos durante uma partida da Youth League contra o Olympiakos em Pireu, na terça-feira.

A denúncia foi apresentada à “comissão de controle e disciplina da Uefa. Uma investigação será aberta”, explicou nesta quarta-feira o clube bávaro em seu site.

Segundo o Bayern, três torcedores tiveram que ser hospitalizados, mas “felizmente puderam receber alta”.

A polícia grega fez um balanço do incidente na terça-feira e contabilizou seis torcedores alemães feridos, além de um agente de segurança.

A Youth League é um torneio entre as equipes sub-19 dos clubes que disputam a Liga dos Campeões.

O time sub-19 do Bayern vencia por 4 a 0 quando cerca de 80 pessoas encapuzadas e com pedaços de pau invadiram o campo de jogo aos 35 minutos do segundo tempo e foram atacar a torcida alemã nas arquibancadas.

“Esses incidentes nos afetaram. Queremos agradecer aos jogadores, ao técnico e aos dirigentes do Olympiakos que cuidaram de nós após os fatos”, declararam os técnicos da equipe alemã, Martín Demichelis e Danny Schwarz.

De acordo com a agência esportiva alemã SID, a Uefa explicou na terça-feira que uma possível punição será aplicada apenas à equipe sub-19, e não ao time profissional do Olympiakos.

O clube grego condenou o ataque. A partida foi reiniciada após 25 minutos de interrupção, mas as duas equipes se contentaram em tocar a bola para o lado até o apito final.

cpb/rle/iga/am

Tópicos

fbl GER GRE