Esportes

Bauza confirma entrada de Centurión no ataque do São Paulo; Buffarini treina

O técnico Edgardo Bauza confirmou neste sábado a entrada de Centurión no ataque do São Paulo para o duelo contra a Chapecoense, domingo, às 11h, no estádio do Morumbi, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Pela primeira vez desde que assumiu o time, o treinador argentino promoveu um rachão na véspera da partida. Centurión foi o grande destaque ao marcar dois gols. O argentino Chavez, que era um dos cotados para a vaga, foi relacionado, mas começará na reserva.

O atacante Gilberto está fora do confronto. O jogador continua em tratamento de um entorse no tornozelo esquerdo e foi vetado pelo departamento médico. A principal novidade no trabalho deste sábado foi a presença do lateral-direito argentino Buffarini, que se apresentou na sexta-feira.

O São Paulo vem de derrota para o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre. É o atual nono colocado do Brasileiro, com 22 pontos. O provável time que entrará em campo terá: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos; Hudson, Thiago Mendes, Kelvin, Cueva e Michel Bastos; Centurión.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Modelo e atriz italiana paga promessa e posta foto ‘só de máscara’ após vitória da Lazio
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel