Esportes

Bastia identifica e bane de estádio torcedor que ofendeu racialmente Balotelli

O Bastia emitiu comunicado nesta quarta-feira para informar que identificou um dos torcedores que imitou sons de macaco para o atacante Mario Balotelli, do Nice. O clube excluiu o torcedor do quadro de sócios e o impedirá de entrar no estádio para os seus jogos.

Balotelli denunciou no último sábado, através das redes sociais, ter sido alvo de racismo durante o empate por 1 a 1 do Nice com o Bastia. O jogador se mostrou indignado por ninguém ter tomado uma atitude durante a partida, enquanto torcedores imitavam sons de macaco.

Ao saber do ocorrido, o Bastia procurou as emissoras de TV que transmitiram a partida para identificar os torcedores que ofenderam racialmente o atacante italiano. No comunicado, o clube informou que ainda pretende banir outros torcedores que fizeram gestos racistas.

“Enquanto se averigua os vídeos, o Sporting Club de Bastia permanece na linha traçada desde os primeiros momentos deste triste caso, ou seja, a busca da verdade com base em elementos tangíveis e inegáveis”, informou o Bastia.

A Liga Francesa também com base nos vídeos abriu investigação nesta terça-feira. A BeIn Sport, emissora que transmite a competição, mostrou durante a partida torcedores do Bastia ofendendo Balotelli.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior