Mundo

Barco que afundou com 700 pessoas vai virar memorial na Itália


SIRACUSA, 22 ABR (ANSA) – O barco que protagonizou uma das maiores tragédias da história do Mediterrâneo será transformado em um monumento na Itália para homenagear as pessoas que perderam a vida no mar.   

A embarcação, um pesqueiro azul, chegou em Augusta, na ilha da Sicília, na última terça-feira (20), após ter sido exibida na Bienal de Arte de Veneza em 2019, e será instalada em um “jardim da memória” em uma das docas do porto da cidade.   

O barco afundou no Canal da Sicília em 18 de abril de 2015, no auge da crise migratória no Mediterrâneo, e levava mais de 700 pessoas, das quais apenas 28 sobreviveram – algumas estimativas falam em até mil passageiros.   

A embarcação foi resgatada de uma profundidade de 350 metros em junho de 2016, em uma operação de 10 milhões de euros bancada pelo governo italiano, e ainda carregava centenas de corpos presos nos destroços – o número exato de mortos nunca foi determinado, já que muitas vítimas acabaram levadas pela correnteza.   

Apenas em 2021, pelo menos 449 pessoas morreram ou desapareceram em travessias clandestinas do Mediterrâneo, sendo que 355 pereceram na rota central, que liga o norte da África ao sul da Itália, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).   


+ Mãe conta à polícia que ateou fogo e matou bebê por ‘vergonha’ de ter a gravidez descoberta
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Youtuber é perseguido por jacaré de três metros: veja vídeo



O número de vítimas na rota do Mediterrâneo Central desde 2014 passa de 17,6 mil. (ANSA).   

Veja também

+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS