Esportes

Barcelona está pessimista em relação a contratação de Depay, diz jornal

Com poucas vendas, clube não teria recursos para dar o passo a frente e contratar atleta desejado por Ronald Koeman

Barcelona está pessimista em relação a contratação de Depay, diz jornal

mas negócio segue difícil por razões financeiras (Foto: Miguel MEDINA / AFP)

O Barcelona estava confiante de que poderia fechar a contratação do holandês Memphis Depay, que atua no Lyon. Porém, de acordo com o diário ‘As’, tudo mudou. O pessimismo tomou conta em relação a este negócio, apesar do valor ser considerado acessível para o clube: 25 milhões de euros (R$ 165,3 mi, na atual cotação).

Depay foi um dos primeiros jogadores vinculados ao Barça nesta janela e é um desejo de Ronald Koeman, que deseja utilizá-lo na linha ofensiva. Porém, a falta de vendas dificultou a negociação, ao menos por enquanto.

A única venda por um valor considerável do Barça é a de Nélson Semedo, que foi para o Wolverhampton. O valor, no entanto, irá para a compra de Sergiño Dest. Todibo, Rafinha, Umtiti e Júnior Firpo são nomes que podem ajudar nesse sentido, mas ainda existem alguns obstáculos nas negociações de saída destes atletas.

Além disso, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, determinou que a próxima sexta-feira (2) é o limite para que a negociação seja fechada. Depay quer jogar no Barça e o Barça quer Depay, mas a situação ainda é difícil.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ O processo de formação como obra

+ Arte e algoritmo: Uma genealogia

+ Radicalmente vivo