Economia

Bancos poderão alterar horário e suspender serviços em agências selecionadas

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que as agências bancárias permanecerão abertas para seus clientes, mas que os bancos vão priorizar os públicos mais vulneráveis, como aposentados e pensionistas. A entidade explica que para cumprir a orientação do Banco Central para enfrentar as dificuldades trazidas pela pandemia de coronavírus, os bancos deverão, pontualmente e por períodos limitados de tempo, alterar horários de atendimento ou suspender serviços em agências selecionadas.

“Os clientes serão informados adequadamente pelos canais de comunicação de cada banco. O setor se compromete a assegurar a prestação de serviços essenciais”, afirma a Febraban em nota.

A federação recomenda que os clientes e usuários do setor bancário evitem deslocar-se para as agências bancárias e deem preferência a usar produtos e serviços dos bancos por meio dos canais remotos como celular e internet, além da rede de autoatendimento (ATMs), que conta com seus 170 mil terminais espalhados em todo o país. Os canais de atendimento por telefone também funcionarão normalmente.